Chakras e Parasitas de Energia

Radiestesia e Radiônica
Chacras - Modelo: Rilda - Arte Digital: Henrique Vieira FilhoOs Chakras , já conhecidos mundialmente são, segundo a filosofia iogue, canais dentro do corpo humano (nadis) por onde circula a energia vital (prana) que nutre órgãos e sistemas. Existem várias rotas diferentes e independentes por onde circula esta energia, sendo que os chakras são os pontos onde essas rotas energéticas estão mais próximas da superfície do corpo.

Existem várias rotas diferentes e independentes por onde circula esta energia. Os chakras são os pontos onde essas rotas energéticas estão mais próximas da superfície do corpo.

Imagine que os chakras são como pequenos  redemoinhos direcionados pontualmente em cada sistema essencial para o desenvolvimento e equilíbrio  de nosso corpo. Eles tanto indicam a quantidade de energia naquele sistema específico como podem ser usados para recarregar a energia do sistema. Existem muitos canais e uma grande divergência quanto ao número exato. Algumas linhas afirmam existir 32, outra 114 e ainda 88.000 - Os principais e mais conhecidos são sete; Coronário, frontal, laríngeo, Cardíaco, Esplênico, umbilical e básico.

Várias terapias, como o Odomertia, o Reiki e a cromoterapia se utilizam dos chakras como base para diagnóstico e tratamento de males que atingem desde o corpo físico até o espiritual. Através de técnicas simples, que podem ser incorporados no dia-a-dia é possível ativar e equilibrar estes pontos de energia, buscando a harmonização do corpo e da alma.

Concentrar-se no que está fazendo, pensando na região do chakra já é uma forma de reativá-lo. Procure ficar em um lugar tranqüilo, para que nenhum barulho possa tirar sua concentração. " Coloque uma de suas mãos aberta em frente ao chakra, sem tocar no corpo, e faça movimentos circulares no sentido horário, como se estivesse massageando o local, mas à distância.
Sentar-se na posição de lótus - pernas cruzadas - tronco ereto - e fixar o olhar na ponta do nariz estimula o chakra frontal ou do terceiro olho. “Utilize um pêndulo e gire no frente ao chakra, sem tocar no corpo, no sentido horário, mas à distância por 1 a 2 minutos cada chakra." As cores e os cristais são formas visuais de estimulação do chakras. Utilize a pedra com a cor correspondente a do chakra e direcione suas vibrações.


Distúrbios emocionais

Os principais distúrbios emocionais estão também ligados aos chakras e com o equilíbrio dos mesmos podemos atenuar e minimizar os danos em nosso corpo físico através do giro do pendulo em cima de cada chakra relacionado.

A melhora é significativa nos dando tempo para rever nossos pensamentos e eliminar de nossa energia os sentimentos nocivos causadores de tantos danos a nossa saúde.

Os chakras relacionados abaixo estão diretamente ligados a estes sentimentos e podem ser relacionados também aos parasitas da energia vital.
O Interessante é que apesar de o homem e a mulher terem os chakras  nos mesmos locais do corpo, os desequilíbrios emocionais são relacionados  e ativados diferentemente em cada um deles causando danos físicos em partes também diferentes do sistema do corpo humano e nesse caso, o equilíbrio é necessário ser direcionado de forma diferente e pontual.

Homem Mulher
Chakra Laríngeo – desânimo desinteresse, sufoco, temor e tensão. Chakra Frontal – desânimo desinteresse, sufoco, temor e tensão
Chakra Emocional – Ansiedade, desgaste, ira, medo e revolta. Chakra Concepção– Ansiedade, desgaste, ira, medo e revolta.
Chakra Digestivo – Apego, ciúmes, desgosto, frustração e desencanto. Chakra Laríngeo– Apego, ciúmes, desgosto, frustração e desencanto.
Chakra Umbilical – Apreensão, conflito, decepção e descrença. Chakra Genital – Apreensão, conflito, decepção e descrença.
Chakra Genital– Arrependimento, angustia e vitimismo. Chakra Umbilical– Arrependimento, angustia e vitimismo.
Chakra Imunológico– Aversão, chateação e vingança. Chakra Esplênico– Aversão, chateação e vingança.
Chakra Concepção– Apatia e solidão. Chakra Pulmonar– Apatia e solidão.
Chakra Esplênico – Preocupação, Raiva, rancor e tristeza. Chakra Imunológico – Preocupação, Raiva, rancor e tristeza.
Chakra Cardíaco – Amargura. Chakra Digestivo – Amargura.
Chakra Pulmonar– Cólera, estresse, magoa, ódio e remorso. Chakra Cardíaco– Cólera, estresse, magoa, ódio e remorso.
Chakra Frontal– Carência, conformismo, culpa, desespero, fracasso e fuga. Chakra Emocional– Carência, conformismo, culpa, desespero, fracasso e fuga.



Parasitas da energia vital

Sabendo que as emoções são os principais causadores de desequilíbrios e distúrbios físicos, elas também geram em nosso corpo os parasitas da energia vital por que somos quânticos e, portanto dor e mal estar nada mais é que acumulo de energia estagnada, uma grande quantidade de moléculas interagem dentro de nós, trocando formas de energia. Os átomos estão propensos a se modificarem ao sofrerem alterações de temperatura e de pressão.
Ao se modificarem, reagem diferentes com os átomos ao redor, sofrendo modificações na forma e no peso. Entre as moléculas que deveriam ser iguais surgem às diferentes. Com isso muda a velocidade das trocas entre as células. Surgem então grupos das células disformes, um perigo silencioso que nos afligem sem o nosso conhecimento. Para eliminar estas células disformes, o sistema de defesa do corpo precisa isolá-las da nossa fonte de energia, encaminhado-as até o ponto de descarga (Intestino) para que seja eliminado naturalmente, porem quando estas estão em excesso, leva a um dispêndio maior de energia causando assim, o desequilíbrio energético do corpo. Esta transformação das células disformes é que são chamados, os parasitas da energia das outras células.

Os parasitas da energia vital são energias vivas que habitam os corpos dos seres vivos que vivem na superfície da terra. São parasitas da energia vital todas as formas de vida existente no ser que provoquem ou causem qualquer disfunção.

Agindo dessa forma para obter seu alimento, agredindo ás outras células vizinhas, podendo torna-se a causa das disfunções orgânicas, ou desequilíbrios. Estes desequilibrios causados pelos parasitas vão anulando os orgãos tornando cada vez mais a impossibilidade de tratamento e melhora.

Além disso, formula a hipótese de que o bloqueio da energia pelos chakras transforma as células dos seres vivos, em parasitas da energia que passam a agredir as células vizinhas, para absorver a energia que lhes falta.

Podemos classificar os parasitas da energia vital em sete grupos principais, segundo a disfunção que causam as células, ao local onde são encontrados e conforme sua origem e conforme aos chakras relacionados.

Parasitas da energia vital Chakras  e emoções relacionados ao Homem Chakras  e emoções relacionados a Mulher
Repressores– São células do próprio corpo que se transformam em parasitas. Estão localizadas no sistema digestivo, nos rins, no pâncreas e coração. Reprimem a função das células, atrapalhando o funcionamento dos órgãos circundantes. Seu comportamento e freqüência são iguais aos vermes (parasitas intestinais) Helmintos. Chakra Cardíaco – Amargura.
Chakra Pulmonar– Cólera, estresse, magoa, ódio e remorso.
Chakra Digestivo – Amargura.
Chakra Cardíaco– Cólera, estresse, magoa, ódio e remorso.
Hematófagos - são células sanguíneas que entram em disfunção. Estão localizadas no sangue. Alimentam-se das outras células sanguíneas, acabando por eliminá-las. Comportamento e freqüência são iguais aos vermes (parasitas intestinais) Amebas.
Chakra Laríngeo – desânimo desinteresse, sufoco, temor e tensão.
Chakra Esplênico – Preocupação, Raiva, rancor e tristeza.
Chakra Imunológico – Preocupação, Raiva, rancor e tristeza.
Chakra Frontal – desânimo desinteresse, sufoco, temor e tensão
Secretores - Podem ser absorvidas pela alimentação e pela água. Também se originam das células que entram em disfunção. Podem ser encontradas em todo o corpo. Ao atacarem as células vizinhas, debilitam-nas facilitando o desequilíbrio destas por microorganismos invasores. São iguais aos vermes (parasitas intestinais) Amebas colis. Chakra Frontal– Carência, conformismo, culpa, desespero, fracasso e fuga.
Chakra Pulmonar– Cólera, estresse, magoa, ódio e remorso.
Chakra Esplênico – Preocupação, Raiva, rancor e tristeza.
Chakra Emocional– Carência, conformismo, culpa, desespero, fracasso e fuga.
Chakra Cardíaco– Cólera, estresse, magoa, ódio e remorso.
Chakra Imunológico – Preocupação, Raiva, rancor e tristeza.
Neutralizadores– Surgem a partir das disfunções dos neurônios, localizam-se no cérebro e no sistema nervoso. Faltando a energia vital, as sinopses se desfazem, indo os neurônios roubar as energias das outras células. São iguais aos vermes (parasitas intestinais) Ameba
Histolística.
Chakra Concepção– Apatia e solidão. Chakra Pulmonar– Apatia e solidão.
Excitadores – Podem ser tanto organismos invasores como células humanas em disfunção. São encontradas nas camadas da pele. A sua ação parasitaria não destrói totalmente a célula, mas causa uma excitação e irritação. São iguais aos vermes (parasitas intestinais) Giárdia. Chakra Genital– Arrependimento, angustia e vitimismo. Chakra Umbilical– Arrependimento, angustia e vitimismo.
Acumuladores– Podem se originar de organismos invasores, bem como células humanas em disfunção. São encontradas nos intestinos, nos órgãos genitais e nos membros. Alimentam-se das células circundantes que estão em crescimento e crescem indefinidamente perturbando com seu tamanho e necessidade crescente de alimento e energia, o funcionamento dos órgãos onde se encontram. São iguais aos vermes (parasitas intestinais) Teníase. Chakra Emocional – Ansiedade, desgaste, ira, medo e revolta. Chakra Concepção– Ansiedade, desgaste, ira, medo e revolta.
Migrantes-Podem ser organismos invasores ou células humanas em disfunção. Podem ser encontrados em todo o corpo, mas principalmente no fígado, sistema linfático e tecidos mesentérios dos intestinos. Procuram se localizar dentro dos canais por onde são conduzidos os alimentos para as células. Essas obstruções resultam em tumefações e tumorações. Após sua multiplicação e por deixarem exauridos de energia os tecidos onde se encontram, migram para outros tecidos, reiniciando o processo. São iguais aos vermes (parasitas intestinais) Esquistossomoses. Chakra Genital– Arrependimento, angustia e vitimismo.
Chakra Imunológico– Aversão, chateação e vingança.
Chakra Umbilical– Arrependimento, angustia e vitimismo.
Chakra Esplênico– Aversão, chateação e vingança.
Enfraquecimento das defesas.
A presença de mais de um tipo de parasitas da energia vital vai causando um enfraquecimento das defesas, oportunizando a presença de outros parasitas e de microorganismos invasores num circulo vicioso, que leva o organismo a um estado geral de desequilíbrio podendo causar vários tipos de infecções e tumefações.
Chakras digestivo + Genital
Pode ser um fator importante no desenvolvimento do Câncer de Colon, reto e próstata.
Chakras Genital + Esplênico
Pode ser um fator importante no desenvolvimento do Câncer de Colon, reto, próstata e pulmão.
Chakras Frontal + Esplênico
Pode ser um fator importante no desenvolvimento do Câncer de Boca
Chakras Frontal + Pulmonar
Pode ser um fator importante no desenvolvimento do Câncer de Pulmão.
Chakras Emocional+ Laríngeo Pode ser um fator importante no desenvolvimento do Câncer de Laríngeo, pele, partes moles e ossos e também mama.

Chakras Laríngeo + Umbilical
Pode ser um fator importante no desenvolvimento do Câncer de Reto e intestino.
Chakras Umbilical + Imunológico
Pode ser um fator importante no desenvolvimento do Câncer de Útero e toda a parte ginecológica.
Chakras Emocional + Imunológica Pode ser um fator importante no desenvolvimento do Câncer de Pulmão, mama,Abdômen, partes moles e ossos.
Chakras Emocional + Cardíaco Pode ser um fator importante no desenvolvimento do Câncer de Pulmão, pele e partes moles e ossos.
Chakras Concepção + Frontal Pode ser um fator importante no desenvolvimento do Câncer de Boca, Laríngeo e Mama.
.

















Portanto, entende-se que o caminho para a busca de melhor qualidade de vida esta relacionado com o equilíbrio dos chakras, a eliminação de parasitas da energia vital e na compreensão e o desenvolvimento dos estados psíquicos e emocionais de cada individuo.

Maurício Marcial de Araújo - CRT 43301 - Terapeuta Holístico

Maurício Marcial de Araújo - CRT 43301 - Terapeuta Holístico, trabalha com Radiestesia, Radiônica e é palestrante destacado do congresso Holística.

mauriciomarcial@radiestesia.com.br

O desenvolvimento do ser através do equilibro de chakras, eliminação dos parasitas da energia vital e a compreensão dos estados emocionais. Os Chakras Já conhecidos mundialmente são, segundo a filosofia iogue, canais dentro do corpo humano (nadis) por onde circula a energia vital (prana) que nutre órgãos e sistemas. Existem várias rotas diferentes e independentes por onde circula esta energia. Os chakras são os pontos onde essas rotas energéticas estão mais próximas da superfície do corpo. Imagine que os chakras são como pequenos redemoinhos direcionados pontualmente em cada sistema essencial para o desenvolvimento e equilíbrio de nosso corpo. Eles tanto indicam a quantidade de energia naquele sistema específico como podem ser usados para recarregar a energia do sistema. Existem muitos canais e uma grande divergência quanto ao número exato. Algumas linhas afirmam existir 32, outra 114 e ainda 88.000 - Os principais e mais conhecidos são sete; Coronário, frontal, laríngeo, Cardíaco, Esplênico, umbilical e básico. Várias terapias, como o Odomertia, o Reiki e a cromoterapia se utilizam dos chakras como base para diagnóstico e tratamento de males que atingem desde o corpo físico até o espiritual. Através de técnicas simples, que podem ser incorporados no dia-a-dia é possível ativar e equilibrar estes pontos de energia, buscando a harmonização do corpo e da alma. " Concentrar-se no que está fazendo, pensando na região do chakra já é uma forma de reativá-lo. Procure ficar em um lugar tranqüilo, para que nenhum barulho possa tirar sua concentração. " Coloque uma de suas mãos aberta em frente ao chakra, sem tocar no corpo, e faça movimentos circulares no sentido horário, como se estivesse massageando o local, mas à distância. “Sentar-se na posição de lótus - pernas cruzadas - tronco ereto - e fixar o olhar na ponta do nariz estimula o chakra frontal ou do terceiro olho. “Utilize um pêndulo e gire no frente ao chakra, sem tocar no corpo, no sentido horário, mas à distância por 1 a 2 minutos cada chakra." As cores e os cristais são formas visuais de estimulação do chakras. Utilize a pedra com a cor correspondente a do chakra e direcione suas vibrações. Distúrbios emocionais Os principais distúrbios emocionais estão também ligados aos chakras e com o equilíbrio dos mesmos podemos atenuar e minimizar os danos em nosso corpo físico através do giro do pendulo em cima de cada chakra relacionado. A melhora é significativa nos dando tempo para rever nossos pensamentos e eliminar de nossa energia os sentimentos nocivos causadores de tantos danos a nossa saúde. Os chakras relacionados abaixo estão diretamente ligados a estes sentimentos e podem ser relacionados também aos parasitas da energia vital. O Interessante é que apesar de o homem e a mulher terem os chakras nos mesmos locais do corpo, os desequilíbrios emocionais são relacionados e ativados diferentemente em cada um deles causando danos físicos em partes também diferentes do sistema do corpo humano e nesse caso, o equilíbrio é necessário ser direcionado de forma diferente e pontual. Homem Chakra Laríngeo – desânimo desinteresse, sufoco, temor e tensão. Chakra Emocional – Ansiedade, desgaste, ira, medo e revolta. Chakra Digestivo – Apego, ciúmes, desgosto, frustração e desencanto. Chakra Umbilical – Apreeção, conflito, decepção e descrença. Chakra Genital– Arrependimento, angustia e vitimismo. Chakra Imunológico– Aversão, chateação e vingança. Chakra Concepção– Apatia e solidão. Chakra Esplênico – Preocupação, Raiva, rancor e tristeza. Chakra Cardíaco – Amargura. Chakra Pulmonar– Cólera, estresse, magoa, ódio e remorso. Chakra Frontal– Carência, conformismo, culpa, desespero, fracasso e fuga. Mulher Chakra Frontal – desânimo desinteresse, sufoco, temor e tensão Chakra Concepção– Ansiedade, desgaste, ira, medo e revolta. Chakra Laríngeo– Apego, ciúmes, desgosto, frustração e desencanto. Chakra Genital – Apreeção, conflito, decepção e descrença. Chakra Umbilical– Arrependimento, angustia e vitimismo. Chakra Esplênico– Aversão, chateação e vingança. Chakra Pulmonar– Apatia e solidão. Chakra Imunológico – Preocupação, Raiva, rancor e tristeza. Chakra Digestivo – Amargura. Chakra Cardíaco– Cólera, estresse, magoa, ódio e remorso. Chakra Emocional– Carência, conformismo, culpa, desespero, fracasso e fuga. Parasitas da energia vital Sabendo que as emoções são os principais causadores de desequilíbrios e distúrbios físicos, elas também geram em nosso corpo os parasitas da energia vital por que somos quânticos e, portanto dor e mal estar nada mais é que acumulo de energia estagnada, uma grande quantidade de moléculas interagem dentro de nós, trocando formas de energia. Os átomos estão propensos a se modificarem ao sofrerem alterações de temperatura e de pressão. Ao se modificarem, reagem diferentes com os átomos ao redor, sofrendo modificações na forma e no peso. Entre as moléculas que deveriam ser iguais surgem às diferentes. Com isso muda a velocidade das trocas entre as células. Surgem então grupos das células disformes, um perigo silencioso que nos afligem sem o nosso conhecimento. Para eliminar estas células disformes, o sistema de defesa do corpo precisa isolá-las da nossa fonte de energia, encaminhado-as até o ponto de descarga (Intestino) para que seja eliminado naturalmente, porem quando estas estão em excesso, leva a um dispêndio maior de energia causando assim, o desequilíbrio energético do corpo. Esta transformação das células disformes é que são chamados, os parasitas da energia das outras células. Os parasitas da energia vital são energias vivas que habitam os corpos dos seres vivos que vivem na superfície da terra. São parasitas da energia vital todas as formas de vida existente no ser que provoquem ou causem qualquer disfunção. Agindo dessa forma para obter seu alimento, agredindo ás outras células vizinhas, podendo torna-se a causa das disfunções orgânicas, ou desequilíbrios. Estes desequilibrios causados pelos parasitas vão anulando os orgãos tornando cada vez mais a impossibilidade de tratamento e melhora. Além disso, formula a hipótese de que o bloqueio da energia pelos chakras transforma as células dos seres vivos, em parasitas da energia que passam a agredir as células vizinhas, para absorver a energia que lhes falta. Podemos classificar os parasitas da energia vital em sete grupos principais, segundo a disfunção que causam as células, ao local onde são encontrados e conforme sua origem e conforme aos chakras relacionados. Parasitas da energia vital Repressores– São células do próprio corpo que se transformam em parasitas. Estão localizadas no sistema digestivo, nos rins, no pâncreas e coração. Reprimem a função das células, atrapalhando o funcionamento dos órgãos circundantes. Seu comportamento e freqüência são iguais aos vermes (parasitas intestinais) Helmintos. Hematófagos - são células sanguíneas que entram em disfunção. Estão localizadas no sangue. Alimentam-se das outras células sanguíneas, acabando por eliminá- las. Comportamento e freqüência são iguais aos vermes (parasitas intestinais) Amebas. Secretores - Podem ser absorvidas pela alimentação e pela água. Também se originam das células que entram em disfunção. Podem ser encontradas em todo o corpo. Ao atacarem as células vizinhas, debilitam-nas facilitando o desequilíbrio destas por microorganismos invasores. São iguais aos vermes (parasitas intestinais) Chakras e emoções relacionados ao Homem Chakra Cardíaco – Amargura. Chakra Pulmonar– Cólera, estresse, magoa, ódio e remorso. Chakras e emoções relacionados a Mulher Chakra Digestivo – Amargura. Chakra Cardíaco– Cólera, estresse, magoa, ódio e remorso. Chakra Laríngeo – desânimo desinteresse, sufoco, temor e tensão. Chakra Esplênico – Preocupação, Raiva, rancor e tristeza. Chakra Imunológico – Preocupação, Raiva, rancor e tristeza. Chakra Frontal – desânimo desinteresse, sufoco, temor e tensão Chakra Frontal– Carência, conformismo, culpa, desespero, fracasso e fuga. Chakra Pulmonar– Cólera, estresse, magoa, ódio e remorso. Chakra Esplênico – Preocupação, Raiva, rancor e tristeza. Chakra Emocional– Carência, conformismo, culpa, desespero, fracasso e fuga. Chakra Cardíaco– Cólera, estresse, magoa, ódio e remorso. Chakra Imunológico – Preocupação, Raiva, rancor e tristeza. Amebas colis. Neutralizadores– Surgem a partir das disfunções dos neurônios, localizam-se no cérebro e no sistema nervoso. Faltando a energia vital, as sinopses se desfazem, indo os neurônios roubar as energias das outras células. São iguais aos vermes (parasitas intestinais) Ameba Histolística. Excitadores – Podem ser tanto organismos invasores como células humanas em disfunção. São encontradas nas camadas da pele. A sua ação parasitaria não destrói totalmente a célula, mas causa uma excitação e irritação. São iguais aos vermes (parasitas intestinais) Giárdia. Acumuladores– Podem se originar de organismos invasores, bem como células humanas em disfunção. São encontradas nos intestinos, nos órgãos genitais e nos membros. Alimentam-se das células circundantes que estão em crescimento e crescem indefinidamente perturbando com seu tamanho e necessidade crescente de alimento e energia, o funcionamento dos órgãos onde se encontram. São iguais aos vermes (parasitas intestinais) Teníase. Migrantes-Podem ser organismos invasores ou células humanas em disfunção. Podem ser encontrados em todo o corpo, mas principalmente no fígado, sistema linfático e tecidos mesentérios dos intestinos. Procuram se localizar dentro dos canais Chakra Concepção– Apatia e solidão. Chakra Pulmonar– Apatia e solidão. Chakra Genital– Arrependimento, angustia e vitimismo. Chakra Umbilical– Arrependimento, angustia e vitimismo. Chakra Emocional – Ansiedade, desgaste, ira, medo e revolta. Chakra Concepção– Ansiedade, desgaste, ira, medo e revolta. Chakra Genital– Arrependimento, angustia e vitimismo. Chakra Imunológico– Aversão, chateação e vingança. Chakra Umbilical– Arrependimento, angustia e vitimismo. Chakra Esplênico– Aversão, chateação e vingança. por onde são conduzidos os alimentos para as células. Essas obstruções resultam em tumefações e tumorações. Após sua multiplicação e por deixarem exauridos de energia os tecidos onde se encontram, migram para outros tecidos, reiniciando o processo. São iguais aos vermes (parasitas intestinais) Esquistossomoses. Enfraquecimento das defesas. A presença de mais de um tipo de parasitas da energia vital vai causando um enfraquecimento das defesas, oportunizando a presença de outros parasitas e de microorganismos invasores num circulo vicioso, que leva o organismo a um estado geral de desequilíbrio podendo causar vários tipos de infecções e tumefações. Chakras digestivo + Genital Pode ser um fator importante no desenvolvimento do Câncer de Colon, reto e próstata. Chakras Genital + Esplênico Pode ser um fator importante no desenvolvimento do Câncer de Colon, reto, próstata e pulmão. Chakras Frontal + Esplênico Pode ser um fator importante no desenvolvimento do Câncer de Boca Chakras Frontal + Pulmonar Pode ser um fator importante no desenvolvimento do Câncer de Pulmão. Chakras Emocional+ Laríngeo Pode ser um fator importante no desenvolvimento do Câncer de Laríngeo, pele, partes moles e ossos e também mama. Chakras Laríngeo + Umbilical Pode ser um fator importante no desenvolvimento do Câncer de Reto e intestino. Chakras Umbilical + Imunológico Pode ser um fator importante no desenvolvimento do Câncer de Útero e toda a parte ginecológica. Chakras Emocional + Imunológica Pode ser um fator importante no desenvolvimento do Câncer de Pulmão, mama,Abdômen, partes moles e ossos. Chakras Emocional + Cardíaco Pode ser um fator importante no desenvolvimento do Câncer de Pulmão, pele e partes moles e ossos. Chakras Concepção + Frontal Pode ser um fator importante no desenvolvimento do Câncer de Boca, Laríngeo e Mama. . Portanto, entende-se que o caminho para a busca de melhor qualidade de vida esta relacionado com o equilíbrio dos chakras, a eliminação de parasitas da energia vital e na compreensão e o desenvolvimento dos estados psíquicos e emocionais de cada individuo. Maurício Marcial Araujo- CRT 43301.

Destaques da Edição