O Sentimento Que Colore A Vivência

Psicoterapia Holística

Para esse artigo, gostaria de convidar a todos a fazer um embarque mental, peço que leiam o texto e se imaginem nesse caminho, se coloquem nesse avião, escolham esse destino, escolham a música, as cores e façam esse passeio.

    Assim poderemos juntos, entender um pouco mais sobre Sinestesia e o quanto ela pode nos ajudar a agregar e a fazer um misto de técnicas em nossos consultórios.

    Ao fazer o embarque, vou para um país lindo, caminho até um museu, visualizo um quadro, que toca todas as pessoas, de maneiras diferentes, em dias e situações diversas. 

    Imagino essas mesmas pessoas em seus momentos diferentes olhando esse quadro tomando um chá de alecrim ou hoje será um chá de tomilho? 

    Imagino num desses dias, essa pessoa com seu quadro, seu chá e uma linda luz amarela, completando o cenário... 

    Será que ela esta ouvindo de longe o canto do passarinho, dos grilos, o Mozart que toca ao fundo ?...

    Será que ela notou que estamos conversando a horas e toda dor foi embora e que ela encontrou as soluções para seus problemas, ao ter contato com ela mesma ?...

    Quando viajamos, seja a trabalho ou a passeio, vamos de encontro com as mais diferentes sensações/emoções. 

    Nos entregamos ao momento, para absorver cada detalhe, cada segundo daquela nova e empolgante experiência. 

    E se fossemos numa viagem, para além de nosso consultório, realmente indo de encontro com novas formas de sentir e entender o nossos clientes. 

    As melhores experiências são feitas em novas jornadas, para lembrar que o mundo é muito maior e mais complexo do que insistimos em imaginar, para nos reinventarmos e descobrirmos novas versões do Eu....

    O nosso consultório pode ser também um portão de embarque, que nos conecta com nosso cliente, que nos leva nos caminhos mais alegres e imemoráveis, que nos leva a lembranças tristes.

    Acredito que ao liberamos nossos sentidos e os conectar aos nossos clientes, que cada palavra cada gesto se torne um misto de cor e aroma ou sabor e visão. Se realmente embarcássemos nesse vôo ao encontro da dor e sofrimento de nossos Clientes.

    Mas quando estamos em consultório o embarque é do Cliente, nos temos que ajudar nessa jornada, e não ficar limitados a somente a sabedoria tradicional, mas ir de encontro com todas as técnicas que conhecemos.

    Pois se ficarmos a mercê do desconhecido e do imprevisível, comprometemos nosso trabalho mental, de conexão com nosso Cliente, de entendimento das técnicas e o adequado uso das mesmas na ocasião correta.

    Nosso grande filosofo, Pitágoras, em diversos textos seus, fez menções de que os sons seriam números, portanto audíveis. 

    O importante dessa descoberta, é que ela permitia ter uma relação entre funções psíquicas, intuição, emoções e sensações, e com isso serem analisadas com precisão sob aspecto físico. 

    Nos deparamos com os primeiros relatos, então, de vivências, que só poderiam ser descritas como de natureza espiritual/mental e qualificadas em seus aspectos físicos.

    Os Pitagoricos, começam os tratamentos cuidando da     saúde e não da enfermidade, certos de que o principio vital se baseia em harmonia entre corpo e alma, portanto para eles a melhor terapia era o restabelecimento desta harmonia, para isso inventaram a musicoterapia.

    Levando em consideração a harmonia, tanto do corpo quanto da alma do Homem teremos uma unidade interligada com o todo, este todo é o principio da Harmonia. 

    Podemos fazer a junção de experiências nossas e dos clientes para criar vivências e restaurar o equilíbrio, atingindo então a Harmonia.

    Muitos dão o nome de Sinestesia(é a relação de planos sensoriais diferentes), mas é uma palavra que vem do Grego syn- “união” ou “junção” e -esthesia “sensação” , que nada mais é que o Holismo, muita sincronicidade com nossa profissão.

    A Sinestesia, teve tantos estudos, mas os mais intrigantes são os de cores/som/sentimentos, diversos músicos do século passado, realizaram combinações de especificas de notas musicais ou até mesmo somente uma nota, para encontrar a cor/sentimento correspondente. 

    Uma das Obras mais importantes de Scriabin se chama Prometheus - O Poema do Fogo, essa sinfonia, foi escrita com o principio de Sinestesia, na junção de cores/sons/sentimentos, sendo a primeira sinfonia com essa combinação.

    Fica o convite para enriquecer as vivências com mais sons/cores/sabores/aromas.

FABIANA DE MATOS VIEIRA

Terapeuta Holística- CRT 48739

www.fabianamarinho.terapiaholistica.com.br

Trabalha com as seguintes Técnicas:

REIKI E PSICOTERAPIA HOLÍSTICA

Destaques da Edição