O Significado do Toque

Shiatsu, An-Ma, Tui-Na, Do-In
Tocar - Modelo: Pamela- Fotógrafo: Henrique Vieira Filho Na biodinâmica em geral um dos pontos importantes é o toque pelo qual se caracteriza a transmissão de energia. O sentido mais intimamente associado à pele, o tato, é o primeiro a desenvolver-se no embrião humano. São muitas as funções da pele, mas as principais são; base dos receptores sensoriais, localização do mais delicado de todos os sentidos, o tato; fonte, organizadora e processadora de informações; mediadora de sensações e muitas tantas outras de muita importância para o organismo.
O tocar é muito mais profundo do que se imaginava, é algo que alem de energia produz reações que podem auxiliar no bem estar e até na harmonização da pessoa. O toque é um dos principais elementos em varias etapas da terapia. O toque não pode ser algo frio, distante, mas caloroso e afetuoso, não pode ser apenas uma questão de tocar ou fazer pressão, mas que venha do interior. Evidentemente, é a qualidade da estimulação cutânea que transmite a mensagem que esta é elaborada com base numa complexidade de fatores. Um toque seco transmite uma mensagem muito diferente do que um toque carinhoso, terno é delicado, e as diferenças na pressão sobre a pele ou no contato podem constituir a diferença entre uma sensação e outra. Podemos avaliar o toque pela forma como uma pessoa cumprimenta a outra com um aperto de mão. Quando passamos a perceber este detalhe teremos perfeitas condições de avaliar uma pessoa já no primeiro contato. Pensamento e sentimentos são comunicados através do toque ou do contato e isso é um dos pontos importantes no estudo e aplicação da biodinâmica e da terapia corporal. Exemplos têm nos bebes que ao serem levados no colo, percebem o estado interior da pessoa que os está segurando e reage de acordo com o que sente. Um dos pontos importantes a ser salientado é o de que, todo contato físico, transmite toda uma gama de energia e com a mesma a que desejamos a outra pessoa. As pessoas que limitam ou evitam o toque ou contato, estão de certa forma evitando viver, pois estão limitando maior sentido do prazer. Os terapeutas alem de aprender sobre a importância do toque, deve ensinar as pessoas a se tornarem livres para isso com naturalidade. O TOQUE TERAPEUTICO: Alem de tudo que já foi colocado, é necessário salientar, que o tocar tanto nos desbloqueios, como na harmonização ou mesmo simplesmente para uma estimulação de energia, nunca pode ser efetuado de forma displicente, mas com muita seriedade e convicção. É necessário repetir que, quem harmoniza ou procede ao efeito da energia é quem está sendo feita a aplicação e não o terapeuta, que sob esse aspecto, age como um sistema de apoio de energia ate que a do outro possa assumir o comando. O toque terapêutico é uma interpretação atual de diversas praticas como vimos anteriormente, consiste em habilidades desenvolvidas para dirigir pela consciência ou modular com a sensitividade as energias humanas. A sugestão pode agir como um poderoso auxiliar na aplicação da energia pelo toque. Entretanto, as reações ao toque terapêutico não são apenas claramente devidas a sugestões ou à persuasão. Muitas reações terapêuticas surpreendente ocorreram com pessoas que ninguém imaginava que fossem capazes de reagir a comandos verbais, como bebes prematuros, pacientes pós-operatórios que haviam sido anestesiados de modo profundo e pessoas que estavam em coma profundo. A aplicação de energia implica em um envolvimento total e consciente do terapeuta no interesse compassivo de ajudar a outra pessoa. Neste sentido, o terapeuta pode ser considerado um sistema de apoio humano. Para isso deve ter uma forte motivação para ajudar e ter uma dedicação forte. Quando as energias de uma pessoa estiverem alteradas, ela fica em estado de desequilíbrio. Portanto, a tarefa do terapeuta reequilibrar as energias do cliente. O toque terapêutico baseia-se num fundamento lógico semelhante, êxito que o conceito de equilíbrio se refere diretamente a sistema de energia. Dentro desse conceito, ao ter a intenção de transmitir uma energia, deve agir para estimular a energia que falta. Isso pode ser feito de diversas maneiras. Uma das mais diretas e simples é imaginar fluindo do seu corpo através das mãos para o campo de energia que este localizado sobre a palma de suas mãos. Não é necessário fazer força, mas apenas projetar essa nítida imagem com sugestões através dos centros de energia de sua mão para o campo de energia do cliente. Quando o objetivo é o desbloqueio da pressão no campo de energia do cliente, se deve estimular a circulação de energia. Isso pode ser feito movendo os centros energéticos com as mãos para ocorrer o desbloqueio. Isso permite o reinicio de um fluxo de energia mais natural. À medida que se vai trabalhando com energia se adquire experiências em identificar o campo energético em suas modificações. Poderá perceber que as energias em suas modificações têm tendência a formar padrões. Esses padrões relacionam-se de modo significativo com atributos funcionais como padrões de comportamento Disposição emocional e estado de espírito. Por exemplo, o campo de energia de uma pessoa deprimida pode ser percebido, como inerte, insensível, pesado e lento nas áreas do peito, na cabeça e da região pélvicas. Pode perceber uma impressão ou sensação na energia do centro energético de gênero de vazio, de falta ou mesmo como se estivesse pressa, nos casos em que a pessoa não vive a sua natureza. Quando predominam os bloqueios a impressão é de aspereza, agitação ou desorganização. Para uma avaliação cada vez mais minuciosa se deve entender que o toque terapêutico lida com o campo de energia, e não apenas com o corpo físico. No toque terapêutico, a atenção se concentra em interpretar o campo de energia do cliente, não apenas entrar em contato com a pele dele. Esse campo de energia não é constituído de matéria, mas no lugar disso, usa a energia para expressar suas características e atributos. Por essa razão, antes de aplicar energia de recuperação, é muito importante aprender captar sinais do que realmente esta acontecendo com a pessoa. Ao avaliar certas pessoas durante a pratica do toque terapêutico, se pode perceber que o problema não é só as deficiências, mas também a circulação inadequada de energia. Pode tornar-se necessário estimular, modular ou regular o fluxo de energia. A capacidade de sentir é fundamental em tudo que se faz nos trabalhos com energia. A maioria das pessoas assimila com o tempo e a pratica essa habilidade. Não tenha receio de praticar essa sensibilidade e sempre consciente de que sentindo ou não a transmissão de energia sempre ocorre. Portanto sempre ocorre a transmissão de energia em todos os casos em que ocorrer a imposição ou o toque. Na aplicação de energia, trabalhamos com técnicas que lidam com o movimento e a transformação da energia. Isso envolve tanto a liberação do que estava bloqueado quanto à transformação do que esta alterado. O trabalho com energia nos leva inevitavelmente alem daquilo que estabelecemos como nossa realidade comum. E assim muda sutilmente a nossa visão de mundo e o modo como vivemos aquilo com que estamos familiarizados e nos impulsiona ir alem das limitações que muitas vezes nos auto-impomos. O mais importante e essencial da terapia energética emerge da capacidade que a mesma tem de criar constelações significativas a partir das forças que atuam sobre nós. A terapia energética, em especial o tratamento dos centros energéticos, torna-se uma arte de habilidade de posicionamento mais profundo com o mundo interior. Embora muito simples, ela pode ser um dos recursos mais importantes na bagagem do terapeuta, pois oferece meios que auxiliam em muito na terapia. Quando são aplicados com dedicação os resultados são sempre positivos e terapêuticos. A TERAPIA CORPORAL: Toda terapia corporal envolve o lúdico que leva as pessoas aos resultados propostos. O mais importante da terapia corporal como nos exercícios biodinâmicos é a liberação dos bloqueios, das couraças e das tensões crônicas e assim liberar o corpo e através deste liberar o subconsciente. A terapia corporal tem tudo relacionado ao desenvolvimento da liberdade e livre expressão, pois ao eliminar os bloqueios, as couraças, as tensões, todo o corpo e o subconsciente, estará dando a pessoa um sentido amplo de liberdade. A terapia corporal pode ser individual como em grupo. A terapia corporal com objetivo terapêutico tem como meio de conduta o trabalho de afloramentos principalmente de emoções reprimidas e em muitos casos é um complemento da terapia individual ou uma abordagem para o trabalho individual. A terapia corporal como toda a bioenergética é uma abordagem humana que busca compreender todo ser vivo como uma unidade de energia que contem em si dois processos paralelos, ou seja, a mente e todo o organismo. Tem por objetivo reencontrar a capacidade do ser humano de regular a sua própria energia, e, por conseqüência seus pensamentos e emoções, podendo alcançar uma vida mais saudável. AS ETAPAS DA TERAPIA CORPORAL: Organizar um trabalho com grupos, utilizando-se abordagem corporal, exige o estabelecimento de algumas etapas que não são diferentes da maioria de outros trabalhos ou de outras abordagens. Basicamente os trabalhos são divididos em cinco etapas que são: preparação, apresentação, aquecimento, desenvolvimento e encerramento PREPARAÇÃO: para realizar um trabalho em grupo não é tão difícil quanto possa parecer, mas requer treinamento, habilidade, criatividade, perseverança, dinamismo e espontaneidade. Muitas vezes pode ocorrer resistência por parte de algumas pessoas para participarem de um método terapêutico em grupo. Uns pelos complexos, outros por já estarem fechados em seus bloqueios ou couraças por muito tempo e ainda outros por receio de revelar o seu interior. APRESENTAÇÃO: envolve os seguintes pontos; nome completo, estado civil, cidade ou endereço de origem, atividade que exerce e o motivo que levou a procurar a participação no grupo. AQUECIMENTO OU A INTRODUÇÃO Á INTEGRAÇÃO: pode ser definido como um conjunto de procedimentos que prepara a pessoa mentalmente e fisicamente para a ação. Fazer algumas atividades leves de fácil participação, para que o trabalho seja satisfatório. DESENVOLVIMENTO: ocorre a partir do momento em que o grupo realmente integra-se e esta preparado para se entregar ao trabalho, desligado da sua vida cotidiana e voltado para as atividades do grupo, para suas sensações e para as atividades propostas. O desenvolvimento tem relação direta com o objetivo do trabalho, ou seja, é a parte principal. Onde as atividades visam alcançar o objetivo proposto. ENCERRAMENTO: envolve dois pontos distintos, mas que devem estar integrados e formar um elo de libertação. O primeiro momento da analise do que ocorreu durante a dinâmica, sob o olhar da compreensão das emoções, dos sentimentos e de tudo que foi vivenciado durante o trabalho. A segunda e ultima parte é uma atividade que integre o grupo e ao mesmo tempo, oportunizar a despedida. É um momento que requer muita sensibilidade, pois, é a integração e a despedida ao mesmo tempo. A TRANSFORMAÇÃO ATRAVES DA BIOENERGETICA: A bioenergética é uma maneira de entender a personalidade através do corpo e de seus processos energéticos. A quantidade de energia que uma pessoa tem e como a usa determinam o modo como responde as situações da vida. A bioenergética desenvolve uma forma de terapia que combina o trabalho com o corpo e com a mente para ajudar as pessoas a resolverem seus problemas emocionais e melhor perceberem o seu potencial para o prazer e para a alegria de viver. É quase impossível para uma pessoa deprimida emergir de sua depressão através de pensamentos positivo, pois seu nível de energia esta diminuído. Quando seu nível de energia for aumentado através de exercícios e principalmente através da respiração profunda e as sensações e sentimentos forem liberados, a pessoa sairá do seu estado de depressão. Este exercício não é em si a terapia, mas parte da mesma. Eles também podem melhorar a aparência, intensificar a sexualidade e desenvolver a autoconfiança. RESPIRAÇÂO: A ESSENCIA DA VIDA Todos os métodos que usam exercícios e técnicas de recuperação iniciam pelo treinamento da respiração adequada. É uma energia vital. A técnica do renascimento cuja técnica usa a hiper ventilação como ferramenta para quebrar a resistência de bloqueios emocionais, através de respirações peitorais acelerados, levando a pessoa a um estado alterado de consciência. O centro respiratório tem essa particularidade; alem de funcionar de maneira autônoma, como os outros centros vegetativos. Possui o privilegio de ser comandado pelo consciente e colaborar com ele. A qualidade de vida depende da respiração. CONCLUSÃO: O terapeuta holístico pode usar da técnica de aconselhamento dentro da terapia corporal e bioenergética, isso faz com que facilita a empatia entre o terapeuta e o cliente facilitando a relação e a identificação dos problemas as serem harmonizada, alias é o aconselhável integrar esta técnica em outras linhas complementares de tratamento com sabedoria milenar, sendo que uma complementa a outra, facilitando e obtendo maior resultado em torno de um todo. Para estruturar e harmonizar todas as áreas do ser humano, obtendo o bem estar e equilíbrio. A pessoa é abordada integralmente com técnicas de intervenção verbal e não verbal e com estímulos, visando o equilíbrio corpóreo, mental e social, fazendo com que ela se auto- harmoniza. O terapeuta deve estar em constante aperfeiçoamento de si mesmo, e dos outros e sobre tudo. Para que ele mesmo seja um ser completo para poder ajudar os outros. Através de técnicas e meios de abordagens pelos quais pode através do consciente abordar e programar e harmonizar o subconsciente; alem do pensamento, a respiração, o relaxamento, a hipnose e auto-hipnose, toque bioenergético, estimulação energética, a sugestão e a auto-sugestão e a imaginação.

ALICE FOLLMANN - CRT 45035 - Terapeuta Holística

Alice Follmann - CRT 45035 - Terapeuta Holística, trabalha com Terapia Corporal, Bioenergética, Psicoterapia Holística, dentre outras técnicas. www.alicefollmann.terapeutaholistica.com.br

Destaques da Edição