Público Em Geral

O que o SINTE e o CRT fazem pelo público em geral: artigos, indicadores profissionais, tira-dúvidas, conciliação junto aos Terapeutas

Desejando encontrar bons Terapeutas para lhe atender, e/ou Cursos livres sobre as mais diversas técnicas, o melhor é perguntar ao CRT - Conselho de Auto Regulamentação da Terapia Holística.

Nossa recomendação é a de prestigiar somente profissionais que possuam CRT - Carteira de Terapeuta Holístico Credenciado
 
SE um profissional nos for credenciado, certamente que teria o número de CRT em suas divulgações, conforme exige nosso Código de Ética.
 
Para podermos levantar se é realmente um de nossos filiados, basta enviar um e-mail para contato@sinte.com.br ,incluindo o nome completo do profissional, endereço de atendimento, técnicas com as quais atende e numeração de CRT (se não apresentar em suas divulgações, já é indício de que não nos é credenciado...).
 
Desejando indicação de profissionais credenciados em sua região, basta preencher o formulário em www.sinte.com.br , menu Indicador Profissional .

Nossos Credenciados estão compromissados ética e contratualmente ao cumprimento dos requisitos éticos e qualitativos determinado em nossas NTSV - Normas Técnicas Setoriais Voluntárias da Terapia Holística, bem como em nossas Orientações e Pareceres.

Na hipótese remota de insatisfação com o atendimento ou aulas dos profissionais que usufruam da CRT - Carteira de Terapeuta Holístico Credenciado, poderá formalizar queixa junto à nossa organização, a qual, por direito estatutário e contratual, atua como polo de conciliação extrajudicial entre as partes, propondo a solução mais justa e rápida possível.

As Indicações Profissionais, solicitadas tanto via www.sinte.com.br, quanto por contato@sinte.com.br O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. , quanto via 0800-1171810 e (11) 3171-1913, são realizadas automaticamente, onde nossos sistemas cruzam os dados de proximidade de CEP e técnicas solicitadas, e justamente para que não se crie previlégios para este ou aquele filiado, é ordenado de forma aleatória, sendo que a nova consulta teremos uma lista de profissionais diferente da anterior; via de regra, limitamos a um máximo de 5 nomes indicados por consulta.

 

ALGUMAS DICAS PARA RECONHECER BONS PROFISSIONAIS:

Justamente por não haver lei específica sobre Terapia Holística, recomendamos que o público seja exigente e que considere os seguintes ítens para realizar uma boa escolha: 

O profissional ideal apresenta seu número de CRT - Carteira de Terapeuta Holístico Credenciado em seus cartões de visita, publicidade e impressos. Justamente por não haver lei que obrigue a conquistá-lo, o CRT funciona como um Selo de Qualidade a comprovar que este profissional espontaneamente se filiou aos órgãos representativos da profissão, comprometendo-se a cumprir as Normas Voluntárias estabelecidas. 

O Terapeuta Holístico "top de linha" possui Certificado de Conformidade Técnica em Terapia Holística e igualmente para as principais técnicas em que atue, comprovando que está atualizado e espontaneamente compromissado ao cumprimento das Normas Técnicas Setoriais Voluntárias, que primam pela adequação qualitativa do livre exercício da profissão. 

Observar a roupagem - Terapeuta Holístico não é médico, deve se vestir com dignidade, mas sem a roupa branca, que não é tradicional nesta profissão. Da mesma forma, o profissional não fala de doenças, nem pede exames, pois a avaliação é realizada por outro paradigma: o energético, sendo o cliente avaliado por meio de toques, observação da íris, língua, pela conversação e aparelhagens específicas da profissão (localizadores de pontos de acupuntura, fotografia da íris, aparatos radiônicos, etc), todos métodos absolutamente não invasivos e sem dor. Todos os produtos recomendados por um Terapeuta Holístico são de venda livre, ou seja, não necessitam de receita médica e devem ser somente produtos naturais, sem contra-indicação. Um consultório de Terapia Holística não é loja, sendo muito questionável eticamente o profissional que vender os próprios produtos naturais que recomenda. 

 

Dicas sobre algumas técnicas específicas:


Acupuntura e Auriculoterapia (estímulo terapêutico pela orelha) - quem realmente entende do assunto, só trabalha com agulhas descartáveis ou substitui seu uso por aparelhos de bioestimulação elétrica ou luminosa. Quem sabe realmente o que está fazendo faz a aplicação em poucos pontos, em média de 05, no máximo 10. Em suma, quanto menos "agulhadas", maior a chance dele ser um bom profissional. 

Terapeuta Floral de Bach - uma boa dica: o profissional competente usa poucas essências em suas recomendações florais, no máximo, 06 e baseia sua escolha após muita conversação com a pessoa atendida. Observação: nos dias de hoje, existe muitos outros sistemas florais distintos dos de Bach, que seguem regras diferentes quanto à seleção e quantificação das essências; em caso de dúvidas, envie e-mail para contato@sinte.com.br solicitando orientações específicas.

Fitoterapia (ervas terapêuticas) - o Brasil tem uma larga tradição neste campo. Convém desconfiar de um profissional que recomende plantas desconhecidas ou raras, difíceis de se encontrar, pois as plantas mais eficientes são as mais populares (justamente por serem eficientes, se tornaram populares); 

Terapia Corporal - terapia reichiana, bioenergética, massoterapia, do-in, shiatsu, e demais técnicas corporais são confundidas muitas vezes com outra profissão: a prostituição. Desconfie de anúncios de duplo sentido, ou onde o profissional não esteja claramente identificado com CRT. 

Reiki - o Terapeuta Holístico deve se adaptar aos pudores e limites de cada cliente, respeitando-os e ampliando-os de acordo com a necessidade técnica e com a conquista gradativa de confiança mútua; para a pratica do Reiki, é absolutamente desnecessário o toque em partes íntimas do corpo, por isto, convém ficar alerta se houver este tipo de procedimento. A Terapia Holística, incluindo o Reiki, jamais fere a religião ou a filosofia do cliente, por isso em hipótese nenhuma um profissional verdadeiro tentará "converter" ninguém a aderir ao seu modo de pensar.   

  


A seguir, algumas das idiossincrasias sobre a Terapia Holística no Brasil, quanto à Clientela:

94% possui grau de instrução de 2o grau a superior
80% é do gênero feminino, para mais de 57% dos Terapeutas Holísticos 
61% está na faixa dos 36 aos 50 anos

 


 

Desejando encontrar bons Terapeutas para lhe atender, e/ou Cursos livres sobre as mais diversas técnicas, o melhor é perguntar ao CRT - Conselho de Auto Regulamentação da Terapia Holística e  SINTE - Sociedade Internacional de Terapia.

Nossos Credenciados estão compromissados ética e contratualmente ao cumprimento dos requisitos éticos e qualitativos determinado em nossas NTSV - Normas Técnicas Setoriais Voluntárias da Terapia Holística, bem como em nossas Orientações e Pareceres.

Na hipótese remota de insatisfação com o atendimento ou aulas dos profissionais que usufruam da CRT - Carteira de Terapeuta Holístico Credenciado, poderá formalizar queixa junto à nossa organização, a qual, por direito estatutário e contratual, atua como polo de conciliação extrajudicial entre as partes, propondo a solução mais justa e rápida possível.

As Indicações Profissionais, solicitadas tanto via www.sinte.com.br, quanto por contato@sinte.com.br , quanto via 0800-1171810 e (11) 3171-1913, são realizadas automaticamente, onde nossos sistemas cruzam os dados de proximidade de CEP e técnicas solicitadas, e justamente para que não se crie privilégios para este ou aquele filiado, é ordenado de forma aleatória, sendo que a cada nova consulta, teremos uma lista de profissionais diferente da anterior; via de regra, limitamos a um máximo de 5 nomes indicados por consulta...

Para solicitar suas indicações, preencha o formulário no link a seguir: Indicador Profissional