Como Elaborar uma Monografia


Monografia

Uma monografia funciona aqui como um ritual de passagem, marcando o fim de uma etapa de estudos e o início de um nova fase de aplicação deste conhecimento.

Trata-se da verificação (para si mesmo, inclusive), do quanto foi assimilado na formação e da capacidade de aplicar esse aprendizado de maneira pessoal., comprovando que já está maduro a ponto de contribuir com uma obra própria que será útil a si e a todos.

Fundamentalmente, deve significar que está capacitado a continuar seu desenvolvimento por conta própria após o curso.

Fazer uma monografia implica em demonstrar a capacidade de articular idéias coerentemente, saber sintetizar conhecimento e colocá-lo em palavras, aprender a direcionar e organizar leituras, aprender a fazer pesquisa bibliográfica (busca, utilização, citações), ou seja, exercitar a capacidade de aprofundar um tema.

Toda literatura e normas técnicas para elaboração de monografias pressupõem metodologia científica. Como a Terapia Holística é ARTE, várias adaptações se fizeram necessárias, elaborando-se a síntese orientativa descrita a seguir.

A observância quanto à adequação do conteúdo às NTSV – Normas Técnicas Setoriais Voluntárias da Terapía Holística será bastante considerada na avaliação.

SELEÇAO DO TEMA

A escolha compete ao próprio discente. A temática deve ser-lhe motivante, sendo significativa em sua história pessoal e profissional.

Pode ser uma síntese de vários aprendizados que estão separados em técnicas distintas, mas ainda pertencentes à Terapia Holística.

Por exemplos, se o tema for de Holopuntura (*), poderia ser: Holopuntura e Bioenergética, Holopuntura e Geoterapia, etc.

Outra opção seria dissertar sobre um tema teórico, como "A Visão Junguiana dos Arquétipos Aplicadas à Holopuntura" (*), "A Leitura Corporal Antecipando o Conhecimento das Emoções Reprimidas A Serem Alfloradas pela Holopuntura" (*), etc.
Que tal se fosse a criação de material didático, sintetizando e organizando temas em apostilas, para ministrar um curso livre? Ou mesmo, a criação de um livro !


Pode ser também o aprofundamento de temas da Holopuntura, por exemplo "Holopuntura na Terapia Corporal" (*), "Holopuntura e os Efeitos dos Estímulos Cromopunturais" (*), "Holopuntura e o Atendimento a Vestibulandos.

(*) os temas acima são meremente ilustrativos

FORMATAÇÃO

A monografia deve ser remetida exclusivamente em meio magnético (arquivo de computador, via e-mail, ou disquete), salvo em formato universal (ou .doc, ou .rtf, ou .pdf).

Considerando que cada página terá, em média, 55 linhas, o desenvolvimento do texto (Introdução + Material e Metodologia + Resultados + Discussão + Conclusões) deve ocupar um mínimo de 15 páginas.

Digitação do Documento - Recomenda-se a utilização da fonte arial ou times new roman, tamanho 12 (tipos itálicos são usados para nomes científicos e expressões estrangeiras), em espaço de um e meio (1,5), (exceto as referências bibliográficas, que devem ter espaço um (1), ocupando apenas o anverso da página.

Configuração de Páginas - Tamanho A4, contendo margem superior de 2 cm e inferior com 2 cm; margem esquerda de 3 cm e direita com 2 cm, contendo numeração no canto superior direito, para a a qual só não considera a capa. Começa a partir da página de rosto, embora esteticamente, a grafia destes números só apareça a partir do índice. no canto superior direito, sem traços, pontos ou parênteses. A numeração das páginas preliminares (a partir da página de rosto até a última folha antes do texto) é opcional. Caso sejam numeradas, utilizar algarismos romanos representados por letras minúsculas (i, ii, iii, iv, etc.). Em se fazendo tal opção, a página de rosto (página i), não deve ser numerada, iniciando-se a numeração na página seguinte (página ii). Havendo anexos, suas páginas devem ser numeradas de maneira contínua e sua paginação deve dar seguimento a do texto principal.

ESTRUTURA DO TRABALHO

Capa - Deve constar autoria, título do trabalho, local e data, dispostos a critério do autor. A inclusão de outros elementos é opcional.

Página de Rosto - Deve conter o nome completo do discente e seu número de CRT; o título do trabalho e subtítulo quando houver, separado do título por dois pontos (quando for explicativo) ou ponto e vírgula (quando se tratar de subtítulo complementar); o nome da instituição e departamento (SINTE – Comunidade de Estudos Avançados em Terapia Holística); indicação da disciplina (Terapia Floral de Bach); nome e CRT do orientador (Henrique Vieira Filho – CRT 21001); local e data.

Epígrafe (opcional) - Esta página é opcional, tendo uma citação de um pensamento que, de certa forma, embasou ou inspirou o trabalho. Pode ocorrer, também, no início de cada capítulo ou partes principais.

Dedicatória (opcional) - Página opcional, tendo um texto, geralmente curto, no qual o autor presta alguma homenagem ou dedica o seu trabalho a alguém.

Agradecimentos (opcional) - Página opcional, podendo ser incluídas aqui referências a Instituições ou pessoas que subvencionaram o trabalho.

Sumário - Consiste na enumeração dos capítulos do trabalho, na ordem em que aparecem no texto, com a página inicial de cada capítulo. Os capítulos devem ser numerados em algarismos arábicos, a partir da Introdução até as Referências Bibliográficas. Havendo subdivisão nos capítulos, deve ser adotada a numeração progressiva, sempre em número arábico.

Resumo - num máximo de 10 linhas, descrever do que se trata, como foi desenvolvida a monografia e conclusões mais importantes.

Introdução - apresentação do tema, acompanhada de uma descrição breve da importância do mesmo para si e para a coletividade, e um apanhado do que será o conteúdo da monografia.

Material e Metodologia - É a descrição precisa dos métodos, materiais e equipamentos utilizados, de modo a permitir a repetição dos ensaios por outros pesquisadores. Por exemplo, no caso de uma intervenção com Terapia Floral de Bahc em uma escola, descrever as características e nome da entidade, como se obteve acesso a ela, pessoas que colaboraram, que tipo de intervenção foi realizada, quantos alunos foram atendidos etc.. No caso de uma compilação teórica, relato das fontes consultadas, pontos de confluência e divergência entre as mesmas, lacunas existentes.

Resultados – apresentação, em ordem lógica, do que resultou da intervenção ou estudo realizados, sem interpretações pessoais. Podem ser acompanhados por gráficos, tabelas, mapas e figuras.

Discussão - avaliação crítica (incluindo seu ponto de vista pessoal) dos resultados da pesquisa, os quais são analisados e comparados com os já existentes sobre o assunto na literatura citada. São discutidas suas possíveis implicações, significados e razões para concordância ou discordância com outros autores. A discussão deve fornecer elementos para as conclusões.

Conclusões - Devem ser fundamentadas nos resultados e na discussão, contendo deduções lógicas e correspondentes, em número igual ou superior aos objetivos propostos. Refere-se à introdução, fechando-se sobre o início do trabalho. Decorre de tudo o que foi exposto anteriormente, a importância disso, o que se pode afirmar que parece ser verdade, o que parece ser possível descartar, as questões que ainda deixam dúvidas. Apontar caminhos de desenvolvimento posterior do tema.

Referências bibliográficas - listagem das obras citadas ou utilizadas como base conceitual ou metodológica do trabalho desenvolvido, de maneira a permitir ao leitor interessado a possibilidade de acessar o material listado. Deve ser feita em ordem alfabética dos sobrenomes dos autores. Sequência de apresentação para cada obra citada: Sobrenome do(s) Autor(es) ou da entidade em letras maiúsculas, Nome (pode ser abreviado). (Ex: FULANO, J.; SICRANO, B.).Título da Obra (sublinhada ou em itálico). Edição, Local da Publicação, Editor ou Editora, Ano de Publicação.

Anexos e Apêndices - Anexos são partes integrantes do texto, mas destacados deste para evitar descontinuidade na sequência lógica das idéias. Constituem suportes elucidativos e ilustrativos para a compreensão do texto. Apêndices constituem suportes elucidativos e ilustrativos, porém não essenciais à compreensão do texto. Quando existe a necessidade, no trabalho, de vários anexos ou apêndices, cada um deles deve ter no alto da página a indicação em letras maiúsculas , seguido do número correspondente em algarismo arábico. No texto devem ser citados entre parênteses.

Última atualização:
31-10-2016 20:30
Autor: :
SINTE
Revisão:
1.6
Avaliaçãoo mídia: 4.67 (15 Votos)

Não pode comentar este artigo

Chuck Norris has counted to infinity. Twice.